10 disciplinas que todo Engenheiro Mecânico deve dominar

Se você optar por se formar em Engenharia Mecânica, estará estudando um dos ramos mais antigos e amplos da engenharia. Seu currículo abrangerá cursos de ciências e matemática, uma variedade de cursos de ciências de engenharia e design, oportunidades de experiência prática e cursos potencialmente especializados em uma área de concentração. Quando você se formar, você terá as habilidades necessárias para projetar máquinas e dispositivos mecânicos, que podem prepará-lo para trabalhar em uma ampla gama de indústrias. Mas é importante saber quais são as principais área de atuação para um Engenheiro Mecânico, e por isso, listamos neste artigo as 10 disciplinas que todo engenheiro mecânico deve dominar para se destacar no mercado.

 

Mas afinal, o que faz um Engenheiro Mecânico?

O engenheiro mecânico pode ser comparado a um clínico geral no setor de profissões de engenharia. Isso ocorre porque a profissão exige educação e habilidades que abrangem uma ampla gama de problemas técnicos, sociais, ambientais e econômicos. Em geral, no entanto, o engenheiro mecânico está preocupado em controlar os princípios de movimento, energia e força por meio de soluções mecânicas.

Um engenheiro mecânico projeta as ferramentas e processos utilizados para satisfazer as necessidades da sociedade por meio de uma combinação de recursos materiais, humanos e econômicos. Ela pode trabalhar em geradores elétricos, motores de combustão interna, turbinas a vapor e gás e outras máquinas geradoras de energia. Ela também pode desenvolver máquinas como equipamentos de refrigeração e ar condicionado, ferramentas elétricas e outras máquinas que consomem energia.

 

Tendências de mercado para Engenheiros Mecânicos

Campos emergentes como biotecnologia, ciência de materiais e nanotecnologia devem criar novas oportunidades de emprego para engenheiros mecânicos. Em particular, a biotecnologia médica está ganhando mais atenção de engenheiros mecânicos especializados em mecânica de projetos. Esta área envolve o design de membros e órgãos artificiais.

Os engenheiros mecânicos devem trabalhar em conjunto com os médicos para desenvolver esses produtos que podem suportar o estresse e ainda ser compatíveis com o corpo humano. Também é possível aplicar uma graduação em engenharia mecânica a outras especialidades de engenharia, como engenharia de fabricação ou engenharia aeroespacial.

 

Formação profissional em Engenharia Mecânica

Os engenheiros devem combinar um bom entendimento de ciências, matemática e computadores com um entendimento de tecnologia. No ciclo básico da graduação, a ênfase está na matemática e física. Geralmente são necessários dois anos de álgebra, cálculo, geometria, trigonometria, mecânica, estática, eletricidade, etc.

Além das ciências e da matemática, os engenheiros precisam de boas habilidades de comunicação, portanto não negligenciem as artes liberais e as humanidades. Além disso, lembre-se de que muitas das grandes empresas industriais que empregam engenheiros mecânicos são multinacionais. Isso significa que um segundo idioma pode ser extremamente valioso.

 

Um típico Bacharel em Engenharia Mecânica exige cursos de comunicação (composição, redação técnica), ciências humanas (linguagem da história, ciência política), ciência básica (química, física), negócios (contabilidade, marketing), matemática e engenharia básica e informática. Normalmente, as principais classes de engenharia mecânica (mecânica dos fluidos, projeto de engenharia, transferência de calor) começam no segundo ano.

 

Cursos essenciais para qualquer Engenheiro Mecânico

Se você está cursando engenharia mecânica, aqui está uma lista das disciplinas que você deve cursar com bastante atenção. E acessando o nosso site www.benzor.com.br/cursos você vai encontrar os treinamentos que precisa para se destacar no mercado.

 

1 – Mecânica dos fluidos

A mecânica dos fluidos é o ramo da ciência que estuda o comportamento dos fluidos quando estão em estado de movimento ou repouso. Quer o fluido esteja em repouso ou em movimento, ele está sujeito a diferentes forças e diferentes condições climáticas e se comporta nessas condições de acordo com suas propriedades físicas. A mecânica dos fluidos nos ajuda a entender o comportamento do fluido sob várias forças e em diferentes condições atmosféricas, e a selecionar o fluido adequado para várias aplicações.

 

2 – Termodinâmica

Termodinâmica, ciência da relação entre calor, trabalho, temperatura e energia. Em termos gerais, a termodinâmica lida com a transferência de energia de um lugar para outro e de uma forma para outra. O conceito principal é que o calor é uma forma de energia correspondente a uma quantidade definida de trabalho mecânico. Essa disciplina será a base para qualquer trabalho técnico que realizará.

 

3 – Máquinas hidráulicas e pneumáticas

Muitas indústrias estão usando o poder do ar, da água e do petróleo para obter a força mecânica. Máquinas agrícolas, máquinas de diversão, equipamentos de mineração de carvão, fabricantes de automóveis, máquinas de terraplanagem e escavadeiras, fabricantes de têxteis, impressoras são alguns dos setores que empregam energia hidráulica e pneumática para aumentar a produtividade. Mantendo o mesmo pensamento, esse curso oferece treinamento em hidráulica e pneumática para melhorar as oportunidades de emprego dos graduandos.

 

4 – Transferência e transmissão de calor e massa

A transferência de calor é uma disciplina da engenharia térmica que diz respeito à geração, uso, conversão e troca de energia térmica (calor) entre sistemas físicos. A transferência de calor é classificada em vários mecanismos, como condução térmica, convecção térmica, radiação térmica e transferência de energia por mudanças de fase. Os engenheiros também consideram a transferência de massa de diferentes espécies químicas, frias ou quentes, para obter a transferência de calor. Embora esses mecanismos tenham características distintas, geralmente ocorrem simultaneamente no mesmo sistema.

 

5 – Sistemas de refrigeração

Ventilação e ar condicionado é a tecnologia de conforto ambiental interno e veicular. Seu objetivo é fornecer conforto térmico e qualidade aceitável do ar interno. Esta é uma subdisciplina da engenharia mecânica, baseada nos princípios da termodinâmica, mecânica dos fluidos e transferência de calor. É uma parte importante das estruturas residenciais, como residências unifamiliares, prédios de apartamentos, hotéis e instalações para idosos, edifícios industriais e de escritório de médio a grande porte, como arranha-céus e hospitais, veículos como carros, trens, aviões, navios e submarinos e em ambientes marinhos, onde são reguladas condições seguras e saudáveis de construção em relação à temperatura e umidade, usando ar fresco do exterior.

 

6 – Estática das estruturas

A estática das estruturas é uma subdisciplina da engenharia civil, na qual os engenheiros estruturais, civis e mecânicos são treinados para projetar os ‘ossos e músculos’ que criam a forma e o formato das estruturas feitas pelo homem. Os engenheiros precisam entender e calcular a estabilidade, resistência e rigidez das estruturas construídas para edifícios e estruturas não-construtivas. Os projetos estruturais são integrados aos de outros projetistas, como arquitetos e engenheiros de serviços de construção, e geralmente supervisionam a construção de projetos por empreiteiros no local. Eles também podem estar envolvidos no projeto de máquinas, equipamentos médicos e veículos onde a integridade estrutural afeta o funcionamento e a segurança.

 

7 – Máquinas elétricas

Este curso ensina os princípios e a análise de sistemas eletromecânicos. Os alunos desenvolverão técnicas analíticas para prever as características de interação entre dispositivos e sistemas, bem como aprenderão a projetar as principais classes de máquinas elétricas. Os problemas usados no curso visam fortalecer a compreensão dos fenômenos e interações na eletromecânica e incluem exemplos de pesquisas atuais

 

8 – Representação gráfica de sistemas mecânicos

Desenvolve entendimento e capacidade na representação e comunicação de informações de engenharia, a fim de estabelecer projetos de engenharia mecânica

 

9 – Elementos de automação

Esse curso treina os alunos para solucionar problemas, reparar e manter equipamentos industriais automatizados, como equipamentos de controle numérico por computador e robôs.

 

10 – Gerenciamento de projetos

Eles são essencialmente processos que visam auxiliar os gerentes de projeto e engenheiros com orientações ao longo do projeto e as etapas a serem seguidas para concluir as tarefas. Serão apresentadas diferentes metodologias com estratégias que ajudam no gerenciamento de problemas, caso surjam durante a entrega do projeto.

 

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este conteúdo nas redes sociais para que ele também possa ajudar os seus amigos que cursam engenharia mecânica a escolherem as disciplinas mais importantes e conseguirem as primeiras oportunidades no mercado.

 

🌐 Veja mais: www.benzor.com.br