Mudaram os cálculos? NÃO!
O que mudou:
Seção VIII:

• Parágrafo U-2 (g) da Div. 1, revisado com regras para permitir o uso de Div. 2 para métodos de projeto não fornecidos na Div. 1, bem como outros padrões ou códigos reconhecidos. O novo Apêndice 46 foi criado para fornecer um meio para o designer usar as regras fornecidas na Div. 2.
• UG-14 revisado para melhorar a clareza e permitir a produção de componentes cilíndricos ocos com uma faixa maior de diâmetros sob condições de qualificação.
• Marcações na placa de identificação entre Divs. 1 e 2 foram alinhados, reduzindo as marcações de “tipo de construção” que são obrigatórias na placa de identificação da Seção VIII.
• Relaxamento das regras de tratamento térmico pós-formação em UCS-79 (Div. 1) e para. 6.1.2.3 (Div. 2) para tubos de parede fina e tubos após conformação a frio.
• Adicionados novos subparágrafos 2.2.2 e 2.3.1.3 na Div. 2, permitindo que vasos de pressão sejam projetados e construídos com as mesmas especificações de projeto para seguir um único UDS e sua conformidade com o UDS.
• Criado novo Artigo KM-6 na Div. 3, para consolidar a localização de todos os modelos de materiais usados ​​para análise.
• A Orientação de Projeto para Embarcações com Carga Impulsiva foi incorporada ao Div. 3

Conheça nosso curso PROJETISTA DE VASOS DE PRESSÃO e torne-se um especialística na área.

Gostou? Fique ligado em nossas dicas aqui no blog!