Saiba mais sobre as novidades que prometem transformar o setor como um todo.

A construção civil está passando por mudanças transformadoras quando o assunto é modernização e automação. Algumas inovações vêm sendo implementadas com sucesso nas construtoras e incorporadoras e ganhando cada mais vez mais espaço na mídia. Vale ressaltar que nem tudo é 100% aplicável no mercado e algumas novidades acabam ficando para trás, mas isso é natural quando se trata de tecnologia – algumas coisas dão certo, outras não.

Para saber o que está dando certo atualmente, vamos te apresentar 4 tecnologias na construção civil que estão sendo utilizadas no mundo inteiro e que prometem ser o futuro do setor. Confira!

1. Internet das Coisas:

O termo Internet das Coisas (IoT) se refere à possiblidade em conectar várias máquinas entre si por meio da internet, desde geladeira, TV’s, lâmpadas e até óculos. Isso é bastante útil inclusive na construção civil, pois moderniza os processos em setores que são tradicionais, à exemplo da gestão nos canteiros de obras. A internet das coisas permite uma comunicação em tempo real entre usuário e fornecedor do serviço.

Juntamente com o BIG Data, a IoT vai permitir que engenheiros coletem informações e as compartilhe em tempo real, agilizando processos e automatizando serviços como pedidos de materiais.

2. Estruturas modulares:

As estruturas modulares são mais baratas, dispensam a utilização de insumos à base de água e são mais rápidas em sua montagem se comparadas com a construção convencional. No futuro, certamente, iremos encontrar estruturas modulares com maior popularidade nas construções de casas, edifícios, pontes e também estradas.

Em breve, um grande exemplo de construção modular em estradas virá da Holanda. Uma empresa holandesa chamada VolkerWessels, desenvolverá uma estrada totalmente feita a partir de plástico reciclável, que precisaria de menos manutenção do que o asfalto e poderia aguentar grandes variações de temperatura, entre -40 C e 80 C. Vale lembrar que, além de sustentáveis, os módulos seriam construídos em poucos dias e a vida útil é 3 vezes maior em comparação com as estradas tradicionais.

3. Connected Sites:

O termo Connected Sites envolve a comunicação em tempo real entre equipamentos, operadores e escritório, independentemente de onde estejam localizados. O canteiro de obras conectado é uma realidade que veio para ficar, afinal é importante garantir a redução de erros e problemas de comunicação envolvidas no processo.

Com a tecnologia, é possível oferecer assistência aos trabalhadores de maneira remota, rastreando as informações e interligando todos os equipamentos e ferramentas necessárias. Com o Connected Sites, as empresas monitoram tudo o que acontece no canteiro de obras, gerenciando máquinas e coletando todo tipo de informações para que possam tomar as melhores decisões. Tudo isso possibilita maior ganho de produtividade, elimina danos dispendiosos e acelera o processo de construção em qualquer local.

4. Tecnologia BIM e construção baseada em modelos:

O BIM (Building Information Modeling) é uma tecnologia cada vez mais presente em incorporadoras, construtoras, escritórios de engenharia e arquitetura. O BIM, que na tradução pode ser lida como “Modelagem da Informação da Construção” é uma ferramenta que possibilita o desenvolvimento de modelos virtuais de obras. Com o BIM, é possível criar modelos virtuais precisos de um projeto de construção. A tendência é que plantas e projetos no papel deem lugar aos modelos digitais, que podem ser acessados e interpretados por toda a equipe envolvida no projeto.

Para mais conteúdos do tipo e tudo sobre engenharia moderna, fique de olho em nosso blog!